Muitos tutores optam pelo corte da asa de suas aves, evitando assim que o animal consiga voar grandes distâncias e evitando fugas e acidentes, que podem ocorrer em casa. Como cair em vasos sanitários, panelas, ou até mesmo se ferir nas pás de um ventilador. Se feito de maneira correta, o corte das asas não causa nenhum sofrimento ao animal, já que apenas as penas são cortadas e o animal ainda conseguirá planar por uma distância curta. 

Penas mal cortadas podem resultar em perda de equilíbrio do animal, que podem gerar quedas, lesões em asas, membros e peito, quebra de penas em desenvolvimento, que por sua vez causam sangramentos difíceis de controlar, e até fraturas em ossos e bico!
Para evitar esses problemas é muito importante que o corte seja realizado por um profissional especializado e treinado no procedimento. Assim, o procedimento é rápido, indolor, gerando o menor estresse possível ao animal. 

 Não esqueça também de sempre acompanhar o crescimento das penas, já que, como as unhas e cabelos, elas crescem novamente! Quando perceber que o animal está começando a alçar voo, é hora que fazer a manutenção do corte.
Está na hora de cortar as penas da sua ave?! Agora você sabe: conte com a equipe especializada em medicina de animais silvestres, aqui do Hospital Veterinário Anima!