Nessa fase do ano, as doenças virais que afetam o trato respiratório dos nossos pets se tornam mais frequentes em ambas as populações – canina e felina. Com isso, tanto os animais já portadores da doença podem manifestar a doença, quanto aqueles que nunca se infectaram, se tornam mais suscetíveis à primeira infecção!

Para que estejam efetivamente protegidos, cães precisam receber a vacina específica contra a gripe canina, e gatos necessitam receber a vacina polivalente. Nos dois casos, a primeira dose da vacina exige um reforço em 21 dias e, depois disso, passam a receber uma dose única da mesma vacina, anualmente.

 Onde você guardou a carteirinha!? 
Corre lá para ver se está tudo em dia, ou entre agora em contato com o Médico Veterinário da sua confiança!